Ajudar a quem precisa

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

                  (I Corintios 13:4-7)

  Pois eh meu povo eh com esses belos versiculos que começarei o post hoje…

Eh sobre isso que eu irei escrever o Amor…Maas não o amor de paixão, pois como dissem os filosofos, a paixão é o estado IRRACIONAL da alma, (Mas fazer oque se eh tão bom amar e ser amado)…voltando ao assunto…

Me indigna ver tantas pessoas passando fome e miséria, e outras gastando milhares pra lavar seu cachorrinho…Como ja dizia uma cronista, dão valor a baleias que encalham e varias pessoas morrem nas beras da praça de frio e hipermetropia…opa, digo hipotermia, e poucos tem a compaixão de apenas acender uma velinha…

Me diga o que custa ao bolso de alguem dar dois reais para comprar uma comida para alguem que necessita de ajuda? muitas vezes passamos  por cima de pessoas doentes morrendo em causada, e simplismente levantamos o pé para não pisar, por incrível que pareça isso acontece, e o que nois fazemos?  reclamamos, reclamamos, mas na hora de por em prática poucos poem e se puzerem é somente para ser visto pela sociedade, e como diz Paulo “o Amor não espera nada em troca.”

E Eh com essa marcante frase de São Paulo que eu encerro meu post…

Até mais

Luiz Osmar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s