Post nubila, Phoebus!

Lembro-me de ter dito a mim mesma, logo nos primeiros segundos do dia primeiro de janeiro, que esse ano seria diferente, que alguém entraria em minha vida e a deixaria melhor. E, bem, eu estava certa.
Ainda hoje, dois ou três meses depois, consigo me lembrar perfeitamente da primeira vez que coloquei meus olhos em você; consigo me lembrar perfeitamente daquela sensação ótima de rir de verdade com suas piadas idiotas; consigo me lembrar perfeitamente das primeiras palavras trocadas, de como me senti mal por nem ao menos ter te olhado quando passei por você, e você me cumprimentou; consigo me lembrar da primeira vez que falei qualquer coisa contigo, de sentir meu coração acelerado, e o ar começar a faltar. Não sei se isso pode ser chamado amor ou algo assim, não.
Mas sei que sou eternamente agradecida. Agradecida por você me fazer tão bem; por você fazer eu querer ser uma pessoa melhor, por fazer eu querer melhorar; agradecida por você me dar as forças necessárias para suportar mais um dia, para sobreviver; agradecida por você me ajudar tanto – mesmo que indiretamente –, fazendo tão pouco.
Mesmo que você não perceba, você foi a melhor coisa que me aconteceu nesses últimos tempos. “Post nubila, Phoebus”, e, em meio a tantas nuvens negras, você foi meu raio de luz, minha luz no fim do túnel, e, por causa disso, não importa o que aconteça, você sempre terá um espaço em meu coração, e, também, um pedaço dele.

20140123-120356.jpg

O que eu preciso.

tumblr_mteaisaRON1qkc2l5o1_500

Sei que não deveria; sei que, de alguma forma, você é um babaca. Mas também sei que preciso de um abraço, ou melhor dizendo, do seu abraço. Preciso do seu cheiro, da sua cor, do seu suor depois do amor; preciso do seu toque, do seu gosto, da sensação da sua barba arranhando meu rosto; preciso dos seus olhos, verdes como o mar, e do seu enorme sorriso ao acordar; preciso do seu desejo de boa sorte antes de provas ou de alguma apresentação, preciso da sua animação. Preciso de você, de corpo e alma; preciso de todo o bem que você me faz, da felicidade que você me traz. É, preciso de você. Porque, mesmo você sendo um idiota, é sua presença que me faz tão bem.

mayara

Ainda odeio você.

quinSempre nutri um certo ódio por ti. Tá, não é exatamente assim. Sabe quando falam que ódio e amor andam sempre juntos? Acho que é exatamente essa a situação. Sempre fui controladora, nunca deixei ninguém dar a última palavra, muito menos me controlar. Nasci líder.
Mas daí veio você com essa voz rouca tão confortante, tua barba mal feita que cresce tão irregular, tua risada que puxava a minha, teu jeito tão relaxado com a vida e ao mesmo tempo tão confiante! Não sei se tua intenção era me ter sob teu controle, mas conseguiu e eu odeio isso, odeio o poder que você conseguiu ter sobre mim.
Você tinha toda minha atenção, você tinha minha companhia na hora que quisesse, você tinha meu sorriso mais bonito -na verdade ele era todo seu, você era o motivo dele. Eu me via tão segura nos teus braços, nas tuas mãos, era como se nada ali pudesse me afetar. Por ti eu abaixei minhas armaduras, me tornei uma pequena de 1,70m que precisava de alguém que cuidasse dela e que a dissesse o que fazer.
Perdi meu controle e ele foi todo seu.

yanna

5 sites para download de livros

Post de utilidade pública! haha

tumblr_mt2i1cQS3N1sdwa66o1_500
Esses dias me deu uma vontade de ler algum livro que eu não tivesse, daí lembrei que há muito tempo eu não baixava livro e que tinha perdido meus favoritos do outro computador e claro que não lembrava os sites, daí fui em busca com o tio Google e achei uns sites bem bacanas e com ótimos “acervos”.
Segue os links:

1 – http://pacsnerds.blogspot.com.br/p/lista-de-livros.html

2 – http://livroslivreira.blogspot.com.br/

3 – http://baixarbonslivros.blogspot.com.br/

4 – http://www.unesp.br/unespaberta (pro pessoal que ta faculdade, esse parece ser muito bom!)

5 – http://www.portaldetonando.com.br/forum/portal.php

Espero que eles sejam úteis para vocês como foram para mim, e deixo aqui meus parabéns e agradecimento às pessoas que “alimentam” esses sites e blogs maravilhosos, ajudando a deixar a leitura mais disponível e acessível a todos desse país!

yanna

Dicas para aderir ao “franjismo”

Depois de muito sofrer com franjas ao longo da vida, fiz acordo com ela e agora me dou super bem e aproveitando que elas estão super em alta, fiz um mini-guia com dicas de cuidados na hora de cortar, o estilo que dá “menos trabalho” pra ficar ajeitadinho e etc.
Eu passei um bom tempo sem franja e ultimamente não resisti e passei a tesoura (como se eu mesma cortasse, não mesmo), mas como disse, fazia mt tempo que eu não usava, daí veio o medo de cortar errado, ficar com cara de criança e de dar trabalho pra manter a danada comportadinha, então antes de tomar coragem pra arriscar o corte mais uma vez, eu observei as de alguma atrizes procurando formatos de rostos que fossem parecidos com o meu e cortes que parecessem mais versáteis, assim optei por uma na “altura” das sobrancelhas e com as laterais mais longas pra ajudar a moldar o rosto, vocês vão notar como a maioria das que eu selecionei pra esse post se enquadram nesse estilo, que na minha opinião super se adapta a qualquer formato de rosto.
E uma dicona: se for cortar com o cabelo estando molhado, corte um pouco mais longa do que quer, pois quando seca ela diminui pra caramba e pode causar arrependimento. Agora, vamos às fotos!

E se eu citei a minha, tenho que mostrar né?

É isso ai, espero que minha dicas tenham sido úteis e que vocês possam por elas em prática de aderir ao franjismo também!

yanna