Pra bagunçar, pra dançar.

 

Tudo bem, pode entrar.
Nota a organização.
Eu até deixo você bagunçar, mas se aceita uma dica, vai com cautela pra não se assustar, porque eu me organizei tanto que é capaz de você estranhar e até não reconhecer.

Vem conhecer.

Pode mexer nas gavetas, levar algo com você, deixar alguma coisa tua.
Pode dar palpite, pode deixar o coração palpitar, seguir o ritmo.
Entra na minha dança.
Escuta essa canção que parece nossa.
Deixa esse livro no lugar.
E meu coração também, aliás, por mais que você tente, ele já está num plástico bolha.
Não, isso não quer dizer que você tenha que sair, pode ficar, te quero aqui, mas te quero sem amor, te quero por gostar. Eu ando preferindo assim.

 

yanna

Anúncios